Os Ómega-3

perlas2portuguesDentro das gorduras dos peixes azuis (ou peixes gordos), há uma parte que é de grande interesse para o homem, já que, através de numerosos estudos, foi demonstrado a sua grande relevância para a nossa saúde e bem-estar. Esta fração gorda é conhecida como Ómega-3, sendo os seus 2 ácidos gordos protagonistas o DHA (ácido docosahexaenóico) e EPA (ácido eicosapentaenóico).

A quantidade de ómega-3 por pérola (entendido como quantidade de DHA e/ou EPA) é variável segundo as marcas comerciais e isso será refletido no seu preço final. Portanto, é importante perceber que 1000 mg de óleo de peixe não equivalem a 1000 mg de Ómega-3. Por isso, deve ler-se com atenção a Informação nutricional dos rótulos para saber quanto ómega-3 uma pérola de produto fornece, independentemente da quantidade de óleo de peixe que contenha. A partir do ponto de vista do bem-estar humano, só interessa a fração de ómega-3, sendo as restantes gorduras de peixe ‘vazias’, já que não nos fornecem nada.